Seja bem-vindo - Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017 - 13:48

O Jejum durante a quaresma


A prática do jejum e a oração durante a quaresma.

Uma das práticas que nós somos chamados a viver durante este tempo da Quaresma, e em toda a nossa vida, é a prática do jejum e da penitência. Mas o jejum e a penitência, juntamente com a oração, só assumem sentido em nossa vida quando se voltam para a caridade, para o cuidado com o próximo. Porque, muitas vezes, o jejum é hipócrita, nós deixamos de comer, fazemos longas orações, mas não sabemos perdoar quem está ao nosso lado. Guardamos mágoas profundas, rancores que levamos conosco, muitas vezes até o fim de nossas vidas.

Jejum e oração servem para conter esse nosso impulso, que nos leva a machucar o outro, a oprimir e reprimir as pessoas ao nosso lado. O jejum e a oração precisam fazer de nós pessoas mais caridosas, afetuosas e ternas umas para com as outras!

O jejum, que Jesus nos propõe é o do alimento. Não devemos nos esquecer o quanto somos acorrentados pelos vícios da comida. Nosso querido Papa Francisco prega sobre a importância do jejum da espera, da caridade, do amor, da paciência, da mansidão.

Nós estamos no tempo da espera da ressurreição da figura de Jesus em nossos corações. No meio de nós, celebramos isso de forma mais intensa por intermédio da Páscoa de Jesus, que é a Sua manifestação gloriosa.

Meditemos, queridos irmãos e irmãs, sobre este tempo de encontro com Deus e com nós mesmos


Referência:
Construção do texto e edição:
Santuário Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

Voltar

Links Relacionados