Maria, um propiciatório.


Através de Maria Deus distribui graças.

Através de Maria, Deus se
dirige a todos e distribui graças, dons e perdões. Deus ordenou a Moisés que
fizesse um propiciatório de ouro puro, para de lá lhe dirigir a palavra (cf. Ex
25,16,22). Este propiciatório a partir do qual Deus se dirige a todos,
distribui suas graças, dons e perdões, é “Maria”: “Vós sois, ó Maria, um
propiciatório para o mundo inteiro. Daí o Senhor misericordioso fala a nossos
corações; daí ele nos favorece com suas palavras de bondade e de perdão; daí
ele dispensa seus dons; daí nos vêm todos seus bens”.



Antes de se encarnar no seio
de Maria, o Verbo divino mandou ao Arcanjo obter o consentimento da jovem. Ele
queria que fosse por Maria que o mundo recebesse o mistério da Encarnação. “Por
que o mistério da Encarnação não se realizou sem o consentimento de Maria?
Porque Deus quis que ela fosse a fonte de todo o bem”. 

Tudo, vem pela intercessão de
Maria:
Todos os dons concedidos ao homem por Deus, desde do início até o final
dos tempos, tudo, bens, auxílios, graças, vêm e virão pela intercessão e pela
meditação de Maria.  “Ó Maria, que vos não amaria, luz na hora da dúvida,
consolação em meio às tribulações, refúgio nos perigos? ” Vós sois tão amável e
tão boa aos que vos amam! Louco e infeliz é aquele que vos recusa o amor! Na
dúvida e na confusão, sois vós que esclareceis a quem a vós reza. Nas
tribulações, vós consolais os que confiam em vós. Nos perigos, socorreis os que
clamam por vós. “Depois de vossos divinos filhos. Ave, esperança dos
desesperados, socorro dos abandonados. Ó Maria, sois onipotente: vosso Filho
vos venera a ponto de atender todos as vossas vontades”. 

Em Maria, vamos recorrer: Em
Maria, vamos recorrer neste momento a fonte de todos os nossos bens e a
libertação de todo o mal: “Ó Maria, presente de Deus, minha única consolação,
minha guia no caminho, a minha força na franqueza, minha riqueza em meio a
miséria, libertadora de minhas cadeias, minha esperança de salvação, escutai as
nossas preces e ouvi meus suspiros. Sois minha rainha, meu refúgio, minha vida,
meu socorro, minha esperança e minha força”. Amém.

Propiciatório e sua tradução: A
palavra propiciatório é encontrada oito vezes no Antigo Testamento. Em Levítico
podemos ver que o Propiciatório recobria a arca “Arca da aliança”, um cofre
todo revestido de ouro que guardava as tabuas com os Dez Mandamentos. No Êxodo,
propiciatório ou a tampa da arca “Arca da aliança”, desta sacratíssima relíquia
era feita de ouro maciço com querubins alados, um em cada extremidade. Também
conhecida como “assento da misericórdia”, simboliza o trono terreno de Deus.
“Daí é que eu te darei as minhas ordens”, diz Deus a Moisés. Em Números ,
quando Moisés entrava na tenda de reunião para falar com o Senhor, ouvia a voz
que lhe falava de cima do propiciatório colocado sobre a Arca. 

Referência:
- Textos retirados do livro: “Glórias de Maria”, escrito por Santo Afonso de Ligório, com tradução para o português. Publicado no Brasil pela “Edições Logos”.
- Pesquisa de texto sobre o Propiciatório: Guia completo da Bíblia, Seleções do Reader`s Digest, pg. 41 – Bíblia Ave Maria.


Sobre o livro:
Glórias de Maria - Um maravilhoso livro escrito por Santo Afonso de Ligório. Este livro foi reescrito numa linguagem clara e fácil para que você descubra todas as glórias de Maria para ter mais amor e mais intimidade com Ela.


Clique aqui! Para ir na página do livro em nossa Loja Virtual.

Voltar

Links Relacionados