A oração de Jesus


Descubra a poderosa oração de Jesus!

“Senhor Jesus Cristo, filho de
Deus, tende piedade de mim, pecador. ” Como se vê, a oração a Jesus é
extremamente simples, breve, cheia de poder e está ao alcance de todos. Ela
consiste em repetir, sem cessar, incontáveis vezes, onde quer que você esteja.

“Senhor Jesus Cristo, filho de
Deus, tende piedade de mim, pecador”.
Esta oração foi praticada pelos antigos
cristãos, mártires e os santos a caminho do suplício, salvando-se graças a ela.

A oração de Jesus apoia-se nas
exortações apostólicas: “Orai sem cessar...” (ITes 5,17) “Com orações orai em
todo tempo, no Espírito” (Ef 6,18) ou ainda na parábola de Jesus, mostrando: “a
necessidade de orar sempre, sem jamais esmorecer”, (Lc 18,1) e também sobre
esta palavra de ordem: “Ficai acordados, portanto, orando em todo momento, para
terdes a força de escapar de tudo o que deve acontecer”… (Lc 21,36).

Chama-se a “oração de Jesus”
porque sua força vem da virtude do Nome Divino: o Nome de Yahweh no Velho
Testamento, o Nome de Jesus no Novo Testamento, particularmente no livro dos
Atos dos Apóstolos:

O nome do Senhor nos salva: Todos
o que invocar o nome do Senhor será salvo (At. 2,21). O nome de Jesus salva,
cura, expulsa os espíritos impuros e purifica os corações, do qual se dobra
todo joelho no céu, na terra e no inferno.

A Palavra de Deus relata que
era suficiente tocar com confiança o vestido de Jesus, para que uma força
saísse dele, curando todas as enfermidades, apagando o pecado. Nós não temos a
oportunidade de tocar seu manto, mas temos muito mais: Podemos receber seu
corpo e seu sangue; podemos também pronunciar o Seu Nome num movimento de fé,
confiança e amor. “A oração de Jesus convém particularmente ao homem de hoje”,
disse Jacques Serr (La prière du Coeur) porque ele não tem tempo de rezar.

Orar sem cessar: “Lembrai-vos
de Deus, para que Ele se lembre incessantemente de vós, lembrando-se de vós,
ele vos salvará e vós recebereis todos os seus bens. Não o esqueçais em vãs
distrações, se não quiserdes que Ele vos esqueça na hora de vossas tentações”.
(Isaac de Nínine- Pequena Filocalia)

“O Nome de Jesus apascenta as
almas atribuladas, afasta os demônios, cura as enfermidades; sua imagem infunde
uma espécie de doença maravilhosa; ele garante a pureza das condutas; ele
inspira a humanidade, a generosidade, a mansidão”. (Contra Celse I.c.7)

São Barsanúfio e seu amigo
João recomendam, insistentemente, a oração de Jesus. “Invoca-me no dia da
tribulação”… Não há, pois, outro meio de vencer qualquer paixão, a não ser
invocar o Nome de Deus. Só temos um recurso: refugiarmo-nos na oração, no Nome
de Jesus.

O Chopky: Os monges do
Oriente bizantino recitam, desde a Idade Média, a oração de Jesus sob a forma
de um rosário o “chopky” que ajuda a contar cada oração. A recitação de certo
número de “chopky” com a inclinação ou prostração pode substitui tudo ou uma
parte do ofício divino. Veja ao lado a foto de um chopky.

O “chopky” também está
presente no Santuário Maria Desatadora dos Nós, através dos servos, ministros e
Miles Mariae, onde muitos oram sem cessar a “Oração de Jesus”. Todo engajado do
Santuário recebe seu chopky em sua Cerimônia de Crescimento, este presente é
entregue pessoalmente através das mãos do fundador do Santuário Denis
Bourgerie. Desta forma todos podem perseverar na fé, orando sem cessar: “Senhor
Jesus Cristo, filho de Deus, tende piedade de mim, pecador. ”

São Serafim de Sarov
(1759-1833), o mais célebre dos santos russos modernos, escreveu estas
esplêndidas palavras: “Para receber e sentir, no coração, a luz de Cristo,
devemos nos afastar o mais possível de todas as coisas visíveis”. Quando a alma,
pela fé interior no Crucificado é purificada pela penitência e as boas obras,
deve-se fechar os olhos do corpo e chamar incessantemente o Nome do Nosso
Senhor Jesus Cristo: “Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, tem piedade de mim”.

Pratique a oração de Jesus: “A
invocação do Nome de Jesus está na mão dos adoradores mais humildes e,
portanto, ela nos introduz nos mistérios mais profundos. Ela se adapta a todas
as circunstâncias de tempo e de lugar: os trabalhos do campo, do escritório, do
lar…”.

Não deixe de praticar a Oração
de Jesus e você vai descobrir que tem muito mais tempo para rezar do que você
imaginava. Ao subir uma escada, dirigindo o seu carro, quando você anda na rua,
durante um trabalho manual, quando você toma fôlego, durante uma conversa, quando
você se recolhe durante um trabalho intelectual, e, à noite, antes de
dormir…  Então, nunca deixe de repetir está
linda oração em seu coração.





























“Senhor Jesus Cristo, filho de
Deus, tende piedade de mim, pecador. ”


Referência:
- Livro “Em Seu Nome”, Jean-Marie Onfroy. Este livro é uma excelente dica de leitura a todos os Católicos que queiram encontrar subsídios no nome de Jesus e crescer espiritualmente.
- Texto: Santuário Nossa Senhora Desatadora dos Nós.


Voltar

Links Relacionados